Solidão
00:21 | Author: Jorge Maia

A solidão é algo que nos transcende ?

A vida a só não tem sentido.

Mas, estar só é uma escolha, uma opção da mente ferida.

De um ser que se julga incapaz de amar, cercado pelo medo de se abrir ao mundo,

e dizer que existe, Gritar Bem Alto a sua Missão.

Não existe solidão.

Uma árvore que nasça isolada, pelo facto de existir acabará por atrair mais vida ao seu redor,

criará sombra e nesta crescerão o fruto da perceverança, outros seres.

O vento trará mais sementes, insectos, pássaros... o seu fruto alimentará o homem "solitário".

É maravilhoso perceber que a única coisa que ela fez foi lançar bem fundo as suas raízes na mãe terra

e os ramos bem alto, lá no céu,

e Acreditar....Aceitar.

O milagre acontece.

|
This entry was posted on 00:21 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 comentários:

On 25 de abril de 2010 às 12:55 , KImdaMagna disse...

Caríssimo sobrinho que agradável surpresa!!!

A solidão:
Sempre considerei que é uma arrogância da nossa parte ( como seres humanos)considerar que o sentido de solidão se resume ao relacionamento( contacto fisíco e visual com outro ser igual).
A vida é um Universo de coisas e acontecimentos e forçosamente tenho que considerar que usufruindo da companhia de uma árvore ( por exemplo) nunca estou só. E então o ar que respiro, a chuva que me envolve ou o sol que me alumia, não são meus "companheiros fieis"?
Eu amo e respeito a Natureza no seu todo e quando se inteoriza um sentimento assim, nunca há solidão.
Agradeço as tuas palavras elogiosas, assim como a oferta do teu espaço.
Antes de ir para Angola e depois de acabar a licenciatura ( que será em fins de Maio deste ano)terei a oportunidade de te visitar.
Agrada-me sobretudo saber da tua ligação ao elemento àrvore, que é por excelência a ligação da terra com o Universo.

Um Abraço

Kim

 
On 3 de maio de 2010 às 20:09 , Susana Pinho disse...

Querido Jorge, adorei este texto, tem a musicalidade das folhas que passeiam com a brisa. Como tu sabes, eu gosto de estar sozinha, mas não me sinto só. Se calhar porque, tal como uma árvore, sinto que tudo à minha volta está vivo. A imagem de vida a crescer à sombra da árvore não me sai do coração. Grata pela imagem. Grata pela benção que és na minha vida. Beijos